Objetivos do Curso

O Curso de Bacharelado em Comércio Exterior, a ser oferecido pelo Instituto de Ciências Econômicas, Administrativas e Contábeis da FURG, tem como objetivo geral a formação de profissionais bacharéis, com conhecimento de comércio internacional, capazes de compreender, identificar, criticar, aprimorar e aplicar esse conhecimento com capacidade técnica, através de sólida formação teórica e conhecimento aplicado da área, para atuar tanto no setor público quanto no privado, com um exercício ético e profissional do Comércio Exterior. O curso de Comércio Exterior objetiva, assim, formar profissionais aptos a atender as demandas da sociedade. Esse objetivo do Curso se insere nos próprios objetivos da Universidade Federal do Rio Grande – FURG. Para operacionalizar o seu Projeto Pedagógico, em função das competências e das habilidades exigidas pelo perfil do profissional que se pretende formar, é necessário que a estrutura curricular e a prática pedagógica sejam concebidas tendo em vista os objetivos a serem alcançados. Nesse sentido, o Curso de Comércio Exterior da FURG objetiva:

-Fornecer uma sólida formação teórica e instrumental na área do curso proposta;

-Propiciar, através do instrumental teórico adequado, a obtenção dos conhecimentos necessários para a interpretação crítica e objetiva da realidade social, econômica, de relações comerciais nacional e internacional, assim como, a capacidade de intervenção nessa realidade concreta;

-Proporcionar a aquisição de conhecimentos que permitam a compreensão das relações comerciais brasileira como parte de um todo que é o comércio e a economia mundial;

-Capacitar o formando em Comércio Exterior para, respeitando a pluralidade ideológica, atuar de maneira competente e com senso ético da responsabilidade social e profissional;

-Promover atividades de ensino integradas à pesquisa e a extensão no sentido de estimular a criação e a reflexão, assim como, se retro alimentar através do contato permanente com a sociedade.

Perfil do profissional

 O profissional do Comércio Exterior deverá ser capaz de:

-conviver com os processos de globalização, compreendendo-os analiticamente, com competências para gerenciar planos e estratégias para a internacionalização das organizações;

-Atuar com competência, tanto no Setor Público, quanto no Setor Privado, entendendo seus ambientes, seja atuando na alta administração, seja no exercício da chefia intermediária ou em funções técnico-administrativas, em nível nacional ou internacional. 

-Situar-se de maneira objetiva no âmbito das conjunturas estaduais (rural e urbana), nacional (inclusive regional) e internacional;

-Diagnosticar e formular problemas, assim como, propor soluções no campo das relações comerciais, da economia;

-Perceber com elevado senso crítico as rápidas transformações (na tecnologia, emprego e negócios) pelas quais o ambiente econômico e social vem passando;

-Ter habilidades de comunicação e expressão, oral e escrita, nas línguas Portuguesa, Inglesa e Espanhola;

-O profissional dessa área deve possuir um alto grau de bom senso, percepção e participação na solução dos problemas das empresas, bem como do meio social em que vive, assumindo de maneira responsável e ética sua ação na sociedade;

-Deverá ter capacidade abrangente de análise, interpretação e correlação, com visão sistêmica para interpretar adequadamente os cenários sociais, as alterações políticas, econômicas, o ambiente de competição, as formas de mercado, as tendências culturais dos grupos e as possibilidades de integração das economias contemporâneas;

-Deverá ter capacidade de elaborar plano de negócios, plano de internacionalização de uma empresa;

-Aplicar, com reflexibilidade, criticidade e prática, a diversidade de conhecimentos adquiridos no curso, necessários ao seu desempenho profissional e, sobretudo, produzir novos conhecimentos. 

Por fim, o perfil profissional do Bacharel em Comércio Exterior deverá contemplar as competências e habilidades descritas anteriormente, em especial as competências voltadas para a formação em economia e política internacional, em gestão de negócios internacionais, marketing e mercados internacionais, relevando as relações entre comércio exterior, questões ambientais e sustentabilidade, diante das relações de acordos de negociações entre países, blocos econômicos, e demais arranjos comerciais no cenário internacional.

Área de Atuação

O bacharel em Comércio Exterior estará apto a desempenhar funções em diferentes segmentos da economia, do mercado, dos governos, nas organizações nacionais e internacionais. Como exemplo das diferentes possibilidades áreas de atuações do profissional de Comércio Exterior, estes podem atuar nos Bancos e nas Indústrias, em trading companies, em empresas de transportes, órgãos governamentais (como na Receita Federal, entre outros), nas instituições financeiras e comerciais, nas empresas de seguros, em escritórios de despachantes aduaneiros; podem atuar como gestor ou consultor para os setores de comércio exterior, como analista de projetos e dados relativos ao desempenho da exportação e importação, balança comercial, e também na gestão de sistema de informação de comércio exterior agilizando processos administrativos e operacionais das organizações Exportadoras e Importadoras; sendo agentes de Comércio Exterior na abertura de mercados consumidores no exterior e nas operações de embarque de mercadorias e recebimento de divisas; em atividades de Ensino e Pesquisa em Comércio Exterior.

Competências e habilidades

O curso de Bacharelado em Comércio Exterior, a partir da implementação de seu Projeto Pedagógico, buscará desenvolver as seguintes habilidades e competências:

•Buscar reflexão crítica sobre os processos, técnicas e impactos do comércio exterior junto à sociedade brasileira;

•Desenvolver atividades relacionadas à importação e exportação de bens e serviços, compreendendo o ambiente socioeconômico e as principais variáveis determinantes da convivência das operações, enfatizando-as como um todo e valorizando a dimensão ética;

•Desenvolver raciocínio lógico, crítico e analítico para pesquisar e aplicar os conhecimentos nos mercados nacional e internacional;

•Produzir textos dissertativos, analíticos e sintéticos, elaboração de relatórios, minutas de documentos internacionais, ofícios e monografias;

•Comunicar e expressar de forma oral e escrita e de maneira eficaz e profissionalmente adequada em pelo menos duas línguas distintas.

•Desenvolver serviços de assessoria ou de consultoria relativos aos assuntos relacionados ao comércio exterior, assumindo cargos de supervisão, gerência, assessoria e consultoria;

•Acompanhar a evolução das legislações relativas à habilitação de comércio exterior bem como das atividades desenvolvidas pelas organizações importadoras e exportadoras;

•Planejar, organizar, liderar e controlar a consistência e o funcionamento dos setores de exportação e importação;

•Empreender nichos de mercado ligados as atividade de comércio exterior;

•Identificar cenários econômicos mediante a utilização dos princípios fundamentais da investigação científica como forma de apresentar e recomendar solução criativa para os dirigentes de organizações que praticam a importação e a exportação;

•Considerar a relevância das questões sociais, ambientais e de responsabilidade social enquanto profissionais atuando com cidadania na sociedade. 

•Atuar com flexibilidade e adaptabilidade nas relações interpessoais ou intergrupais e na prática profissional;

•Atuar com desenvoltura na negociação em diferentes mercados, compreendendo suas particularidades;

•Evoluir e capacitar para atuar com ética reconhecendo as suas implicações no exercício profissional.